UM MUNDO DE OPORTUNIDADES

March 19, 2018

Com o passar dos anos, o mundo do trabalho vem vivenciando mudanças significativas. O que antes era comum, estável, seguro, passou a dar espaço para algo cada vez mais incerto. Ao mesmo tempo, que a tecnologia avança para facilitar a vida nas organizações, os segredos da boa gestão são ampliados, com o intuito de despertar nas equipes de trabalho um novo olhar, estimulando uma nova leitura do dia-a-dia, como forma de sobrevivência.

 

Quebrar paradigmas tornou-se uma exigência no mundo dos negócios. Os profissionais, principalmente os gestores empresariais, precisam rever suas formas de pensar, decidir e agir. Se antigamente as relações com os públicos da empresa se concentravam apenas como assunto da Alta Direção, hoje, compreende-se a importância e a responsabilidade de todos no decorrer do processo. Como velho paradigma, a gestão estratégica executiva se dava de forma centralizada, como novo paradigma, de forma participativa. Antes, a gestão de pessoas era voltada para “administração de recursos humanos”, hoje, para a valorização das pessoas. Se num primeiro momento os treinamentos eram visto como forma de aquisição de conhecimento definitivo individual, agora, então, são percebidos como aprendizado aplicado, contínuo e  a mais eficaz ferramenta de motivação e retenção.

 

É preciso reinventar boas práticas. As mesmas tarefas, antes feitas de uma determinada forma, podem agora ser feitas de uma maneira diferente, possibilitando enxergar o lado positivo das coisas, por mais difíceis que possam parecer. Se os recursos diminuem, a criatividade, consequentemente, tem que aumentar. Uma pequena sugestão pode se tornar uma brilhante ideia. Uma breve reunião pode trazer à tona uma solução há muito desejada e esperada.

 

Martin Seligman, em seu livro Felicidade Autêntica, afirma que existe um método bem documentado para aumentar o otimismo. Ele consiste em, de forma simples, reconhecer e afastar ideias pessimistas. Dizer que a crise não favorece o cenário atual, que a situação está difícil, que não se sabe o que vem pela frente, ainda que sejam premissas verdadeiras, não levam a lugar algum.

 

Estamos programados para desenvolver algumas virtudes que nos orientam para o bem e para a evolução: esperança, vontade, propósito, amor, cuidado e sabedoria. A tudo isso, podemos chamar de força interior. Quem a descobre dentro de si terá maiores condições de reagir melhor às adversidades no ambiente corporativo, criando condições para novos e favoráveis ciclos.

 

Cada vez mais as qualidades humanas se tornam tão relevantes quantos as competências técnicas. Quanto mais se usa a força interior, mais ela se desenvolve, e se fortalece.

 

Pensar no lado ruim, nas más condições que enfrentamos no nosso país é uma alternativa. A outra é ver o lado bom das coisas, enfrentando as adversidades de frente. A diferença está em como se lida com cada situação. É possível enxergar durante a crise, um mundo de oportunidades. Depende do foco e do ponto vista. Gestão de Pessoas, se você ainda não implantou, comece agora!

 

 

Conheça a Ludwig & Poloni Educação e Consultoria

Fone 54 3286.0550 | Whatts 54 9 9245.1696

comercial@ludwigpoloni.com.br

 

Please reload

Recent Posts

January 7, 2019

November 6, 2018

October 30, 2018

October 17, 2018

Please reload