SONHO OU REALIDADE?

May 2, 2015

 

Uma boa empresa é aquela que atende a demanda dos stakeholders, ou seja, de todas as partes interessadas, sejam eles proprietários ou investidores, clientes (internos e externos), fornecedores e comunidade, entre outros. Logo, podemos descrever a empresa ideal como aquela que opera com todo o seu potencial, permitindo que as pessoas façam o seu melhor trabalho.

Parece simples, mas colocar isso prática, não é tão fácil assim. Empresas preocupadas com o seu crescimento, dedicam parte de seu planejamento a ações que favoreçam a qualidade de vida e o crescimento na carreira de seus colaboradores. Para isso, algumas mudanças na gestão podem trazer resultados diferentes, principalmente mantendo o quadro funcional mais estável.

A empresa dos sonhos não engana, obstrui, distorce ou muda o discurso a toda a hora. Ela respeita a necessidade de seus funcionários saberem o que realmente está acontecendo, através de uma comunicação completa, clara, oportuna e sincera.  Abordar com transparência as más notícias, ainda que em relação a essas haja certa relutância, o que faz parte da natureza humana, é tão importante quanto divulgar o alcance de uma meta. É muito complicada uma situação em que o colaborador passa a ter notícias sobre a sua empresa do lado de fora, em conversas informais, descontextualizadas. Um prato cheio para causar desconforto e fantasias em relação a algo que será percebido de forma distorcida.

A empresa ideal faz aqueles que já são bons, serem ainda melhores, pelo simples fato de potencializar os seus pontos fortes e favorecer a aplicação de seus talentos. A pessoa que é excelente no atendimento deve ter como prioridade o contato com as pessoas, a possibilidade de interagir, de estar na linha de frente. Poder perceber essas características e destacar as competências de cada um, faz com que as pessoas permaneçam felizes, sem precisar buscar novas oportunidades no mercado de trabalho. Fazer as tarefas do cotidiano com motivação, entendendo seu significado e sentindo prazer, faz com que se encontre o que Gabriel Carneiro Costa, em seu livro “O Encantador de Pessoas”, chama de “zona de satisfação”.

As pessoas buscam algo em que acreditam, pois querem fazer parte de uma estrutura maior do que elas próprias, podendo almejar crescimento e conquistas. Os valores dos colaboradores precisam estar alinhados aos da empresa. Se não for assim, haverá exclusão, pois é difícil compactuar com atitudes que não sejam consideradas as melhores para favorecer um bom ambiente de trabalho, como por exemplo, mentiras, favorecimento de uns em detrimento de outros, ou ainda políticas de promoções internas mal estruturadas.

Sentir que fazem a diferença, perceber que a sua atuação alavanca melhores resultados, faz com que as pessoas se sintam importantes em uma organização. Compartilhar experiências, comemorar conquistas e reconhecer com mérito os que contribuem com o sucesso, traz maior possibilidade de manter o grupo de funcionários felizes, falando bem da sua empresa, tornando-se assim, o seu melhor cartão de visita.

 

 

 

 

Please reload

Recent Posts

January 7, 2019

November 6, 2018

October 30, 2018

October 17, 2018

Please reload